Curso Litúrgico

03 de Outubro de 2014, por Pastoral da Liturgia


Convidamos a todos os paroquianos, sábado (04/10), das 14h30 às 17h30.

Terá técnicas de audio, comunicação verbal e liturgia aplicada.

Apresentação Sr. Wilson Donni

Eng. de Audio - Pisicanalista Clinico / Didata - Liturgia e Músico da Equipe de N. Sra. de Taubaté

Objetivo: Como usar todos os recursos da comunicação verbal e musical dentro da aprovação litúrgica para o Culto Divino


Conteúdo Geral do Curso

1 - Apresentação da Empresa Engeáudio

2 - Apresentação Pastoral do Eng. Wilson Donni

3 - O que é um sistema de Som Flay

4 - O que é um sistema de Som de Retorno

5 - O que consiste um sistema de Som Perfeito

6 - O ciclo do Audio (onde começa e onde termina o som)

7 - O que é Tom, Timbre, Volume e Coloração de Voz

8 - O que é Articulação das Palavras

9 - O que é Dicção

10 - Fatores que podem prejudicar nossa Dicção: Lingua presa, falta de dentição, dentição irregular, próteses irregulares, bebidas alcoólicas, bebidas gaseificadas, chicletes, balas etc.

11 - O que é um microfone

12 - Tipos de microfones e como utilizar cada um deles

13 - Postura do Leitor, comentarista, salmista, cantor e músicos

14 - Divisor de águas: utilização das técnicas de microfone e coloração de voz

15 - Práticas de teste dos microfones e instrumentos musicais

16 - Tipos de leitores: leitor maracujá, tatu, treme treme, estrela e ventilador

17 -Dicas práticas Engeáudio

18 - No final do curso fica aberto para: Dúvidas, perguntas e questionamentos

CNBB realiza debate com os candidatos à presidência com transmissão pela Rede Aparecida e mídias católicas

11 de Setembro de 2014, por Pastoral Fé e Política - Arquidiocese de S.Paulo


O debate com os candidatos a presidência da república nas eleições deste ano será promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em uma parceria com as emissoras de rádio e tv, os jornais e revistas de inspiração católica e os portais ligados a esses veículos de comunicação.

O encontro, que acontecerá em Aparecida (SP), no Centro de Eventos padre Vitor Coelho de Almeida, no dia 16 de setembro, a partir das 21h30, é uma realização da REDE APARECIDA DE COMUNICAÇÃO, com transmissão ao vivo das principais emissoras de tv católicas e suas afiliadas e 230 emissoras que integram a rede católica de rádio. O mediador do debate será o jornalista Rodolpho Gamberini. O evento será dividido em cinco blocos.

A abertura será feita pelo Cardeal Arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB, Dom Raymundo Damasceno Assis, que fará uma saudação aos candidatos, destacando o papel da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil no processo eleitoral com a realização do debate. Em seguida, haverá uma pergunta única aos candidatos elaborada pela presidência da CNBB. A ordem de resposta seguirá a posição dos candidatos no cenário, que já foi definido em sorteio na presença dos representantes dos partidos. Cada um terá dois minutos para resposta.

No segundo bloco, oito bispos indicados pela presidência da CNBB farão as perguntas aos candidatos, que serão sorteados na hora pelo mediador. Cada um terá 1'30" para resposta.

O terceiro bloco segue o mesmo formato. Mas, em vez dos bispos, as perguntas serão feitas pelos jornalistas que representam as emissoras envolvidas no projeto de realização do debate.

No quarto bloco, haverá o confronto direto entre os candidatos. A ordem será definida por sorteio, de quem fará a pergunta e quem deverá responder. Neste caso, haverá réplica e tréplica.

O quinto e último bloco será destinado as considerações finais dos candidatos, seguindo a ordem do 1º bloco, na posição que eles ocupam no cenário.

Os temas que serão pautas das perguntas no debate, conforme as regras estabelecidas pela organização em comum acordo com os partidos, são os seguintes: saúde, educação, emprego, lei do aborto, uso de células tronco embrionárias, exposição de símbolos religiosos em locais públicos, habitação, saneamento básico, transportes, segurança pública, previdência, agricultura, reforma agrária, economia, liberdade de imprensa, meio ambiente, reforma política, reforma tributária, contas públicas e direitos humanos.

O direito de resposta poderá ser exercido pelo candidato que se sentir ofendido durante o debate. Mas o pedido será analisado pela assessoria jurídica do evento e será concedido somente no caso de haver injúria, calúnia ou difamação a um dos participantes.

A pedido dos partidos, o público que poderá acompanhar o debate no local de sua transmissão será restrito aos convidados das próprias legendas, da CNBB e das emissoras que participam do pool de transmissão. A ata com as regras e o formato do debate foi assinada pelos assessores e representantes dos oito candidatos que irão participar do encontro em Aparecida, em reunião realizada no último dia 22 de julho, em São Paulo.


Especial Jubileu



Veja depoimentos e um pouco da história de 50 anos da paróquia.

Leia mais



Galeria de Fotos



Celebração Primeira Eucaristia



Confira as fotos



A Paróquia



Fundada em 1960, a Igreja de Santa Zita tornou-se um marco religioso na história da região de Vista Alegre.

Leia mais